Skip to content

QualiNews Voltar às Noticias

JULHO 09

O CRESCIMENTO DO MICROEMPRRENDEDOR INDIVIDUAL (MEI)

  • 2018-07-09

A imagem do MEI surgiu através da Lei Federal Complementar 128 em 2008, a qual entrou em vigor em 2009 abrangendo todo território nacional. Graças a esse avanço muitas pessoas viram um espaço aberto na legislação para seguir seu sonho de ter sua própria empresa.

Por que investir em crescer independentemente?

Os benefícios concedidos pelo governo são um dos motivos para o ano de 2017 ter sido o ano recorde de MEIs no país. Entre eles se encontram o direito a benefícios previdenciários, isenção de impostos federais (parcial de estaduais e municipais) e a redução da burocracia. A cada ano aumenta o número de microempreendedores na área de doces, pois foi percebido que ao invés de trabalhar em uma padaria e se submeter aos limites impostos por ser apenas uma engrenagem em uma máquina de terceiros, poderia exercer em casa, podendo abrir asas à imaginação e criatividade e ainda obter reconhecimento pelo seu trabalho. Apesar do governo dar suporte, o MEI ainda encontra dificuldades para fazer sua empresa vingar. Em sua maioria, o MEI da área alimentícia não possui o conhecimento técnico suficiente, fazendo-se assim necessário o trabalho complementar de um engenheiro de alimentos, através de consultorias para assim o projeto da empresa fluir.

SEMELHANÇAS ENTRE MEIs E EMPRESAS JUNIORES

Em conjunto com o crescimento de empreendedores, as empresas juniores encontram seu lugar no mercado. Formadas por universitários, as EJs do Brasil são líderes mundiais no segmento devido ao voluntariado de impactar o país de seus membros. Tornando-se assim uma boa saída para MEIs. Como é o caso da Qualimentos Jr.,que é a segunda maior EJ do Brasil em número de projetos, a empresa é capacitada com portfólio variado de técnica de Boas Práticas de Fabricação (BPF) para incrementar a produção, até desenvolvimento de novo produto, já ajudamos cerca de 80 microempreendedores a crescer com mais de 350 projetos, só esse ano trabalhamos junto com mais de 20 MEIs e fizemos cerca de 150 projetos.