Skip to content

QualiNews Voltar às Noticias

FEVEREIRO 14

Como evitar a poluição por descartáveis?

  • 2020-02-14

Entenda as medidas que estão sendo tomadas acerca desse assunto e como fazer a sua parte para diminuir a poluição por descartáveis.

O acúmulo de lixo no Brasil tem tido uma grande repercussão nos últimos anos, uma vez que 720 milhões de copos descartáveis vão para o lixo todos os dias no Brasil. Só no carnaval, em 2018, no Rio de Janeiro foram mais de 486,5 toneladas de lixo​ recolhidas em 5 dias de folia. A maior parte desse lixo é constituída de plásticos descartáveis, o que agrava ainda mais este problema, tendo em vista que uma vez no solo, são precisos aproximadamente 200 anos para que haja uma decomposição total.

Esse lixo, quando descartado incorretamente acaba tendo destinos indesejados, como os mares. Segundo a BBC, os oceanos recebem 8 milhões de toneladas de plástico por ano, tamanha quantidade gera enormes faixas oceânicas cuja superfície é totalmente tomada por detritos, conhecidas como ilhas de plástico, essas “ilhas” não são detectadas por satélite e ameaçam a vida marítima e a saúde do planeta.

Devido a tais acontecimentos, a preocupação com a natureza está em alta. Segundo pesquisa do Ibope, em 2011, 94% dos brasileiros entrevistados já mostravam preocupação com a natureza. Além disso, 59% fazem alguma separação do lixo para reciclagem. Esse crescimento indica uma busca maior por parte da população por alternativas mais sustentáveis, demonstrando maior interesse em produtos que demonstram preocupação com a natureza.

Devido ao crescimento dessa procura, cada vez mais empresas buscam formas de tornar seu produto mais sustentável, seja por meio de embalagens biodegradáveis ou até mesmo buscando alternativas reutilizáveis, como garrafas de vidro, mas dentre todas, a alternativa mais famosa são as embalagens de papel texturizado ou cartão kraft, por serem facilmente recicladas e apresentarem um bom custo benefício.

Além das alternativas mais conhecidas, estão surgindo embalagens de materiais cada vez mais inusitados, como batatas, uvas, eucalipto, cogumelos, camarão e diversos outros, apostar nessas novidades pode não só trazer uma alternativa mais sustentável para a empresa como também chamar atenção pela criatividade e inovação.

Ademais, tornar sua embalagem mais sustentável pode deixar de ser uma inovação e se tornar uma necessidade, tendo em vista que a cada ano que passa as leis sobre o uso de plástico se tornam mais rígidas em alguns estados, em São Paulo, por exemplo, já existem leis que proíbem a venda de itens de plástico em bares e restaurante, fazendo com que não só os proprietários desses locais se adequassem a estas legislações como também que as empresas buscassem métodos de embalar seus produtos para consumo na própria embalagem, sem a necessidade de copos, pratos e talheres de plástico. Caso pretenda buscar alternativas, mas não sabe por onde começar, a Qualimentos Jr. pode te auxiliar nesse processo, já que contamos com uma equipe especializada em análises de embalagem, pesquisando meios que não só se encaixem nessa nova exigência, mas também auxilie na durabilidade do produto e toda a parte de segurança alimentar envolvida.

Entre em contato e decole seu negócio!